Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Letters and words

Letters and words

Crise (de meia idade)

Caro Leitor,

Já vi Locke and Key e  Stranger Things  e aguardo as últimas temporadas. Acabei de ver Dark e  agora embrenhei-me na  The Rain . Será uma crise de meia idade, isto de ver séries que os teens andam a ver?

MV5BNjZkNzY4M2ItOWY0Ni00Y2ViLWE1NjItOTIyYzZjMzg5M2

st3-production-still-8-928x523.jpg

Imagem-da-série-Dark.jpg

MV5BYTUwYTI4YjgtMzFkYy00YWY4LThhOWItMGUwMzgzMWI5Mz

 

Sobre Stranger Things, devo dizer que gostei muito da 1ª temporada e que apesar de ser a 1ª a minha preferida as outras não dececionaram, ainda que por vezes fique espantada com a capacidade dos miúdos entrarem em lugares de alta segurança. Pois bem, se ainda não viu esta série e de alguma forma este desatualizado post lhe parecer futurístico, então fique a saber, sem que lhe revele muito do enredo, que a série é uma espécie de uma união de facto entre o Conta Comigo ( Stand by me ) e  The Goonies . 

Sobre Locke and Key, que estreou em fevereiro de 2020, basta dizer que numa casa escondem-se segredos e chaves mágicas que a família Locke (os filhos)  vai encontrando. Cada chave possui um poder fantástico que todos um dia desejámos ter. Ah, e há uma vilã. E há um twist - e não é o twist das chaves a entrarem na fechaduras.

 

Dark é talvez a série com mais conhecimentos/teorias cientificas que já alguma vez vi. E a terceira temporada é prova disso - é quase tão difícil de a acompanhar como uma aula de física/mecânica quântica. Vai precisar de estar muito atento para perceber todos os detalhes, mas nada que uma passagem pelo youtube não resolva (basta só ver os milhares de vídeos onde se explicam todos os passos da série existentes neste canal). Imaginem Einstein a jogar com um amigo cientista. Um brilhante. Um qualquer. Imaginem esses dois a jogar ao Quem é Quem e ao Peixinho ao mesmo tempo. Ah, e sempre em alemão. Pois, é mais ou menos isso o enredo de Dark. (Vejam a série e depois diga-lá se não tenho razão).

A terceira e última temporada dececionou-me um pouco, um pouco ao estilo de LOST, mas que séries, tirando as de comédia, é que não fizeram isso? Poucas. Muito poucas.

Estou no início da segunda temporada da The Rain, série dinamarquesa, onde uma chuva exterminadora leva a um apocalipse. É uma espécie de The Walking Dead, sem zombies, e onde as personagens principais são jovens, com cenas do filme The Hulk à mistura. Ups, revelei demasiado. Mas a segunda temporada já começa a ser muito previsível, principalmente para quem via The Walking Dead, temporadas 1 a 5. Não me parece que vá acabar bem. Parece-me que a partir daqui é um pouco downhill.

Bem, com esta crise global, parece que vamos ter que esperar mais de um ano pela nova temporada de Locke and Key e apesar de a quarta temporada de Stranger Things  já ter começado a ser gravada foi interrompida devido à covid-19. Quanto a The Rain, a nextflix não pretende fazer uma quarta temporada e, não tendo visto como acaba, não sei se acaba deixando em aberto uma nova temporada, mas há quem fale que uma outra empresa do género poderia pegar na história e dar-lhe continuação. Vai depender da crise!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.