Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Letters and words

Letters and words

Croácia - Varaždin (quarto dia - 1ª parte)

Caro Leitor,

 "Deus quer, o homem sonha, a obra nasce", Fernando Pessoa, Mensagem

Às vezes assim é, mas no que toca a viagens, ainda que planeadas, muito pode acontecer. E ainda que se sonhe, a obra não nasce, pelo menos não naquele momento.

Ainda em Portugal, estava na mesa a hipótese de visitar Halstatt partindo de Zagrebe. Quem não quereria visitar um sítio tão pitoresco como este, património mundial da UNESCO? (É tão idílico que os Japoneses fizeram uma réplica no Japão)

181990_Viator_Shutterstock_143797.jpg

Afinal o que são 357 km de distância para se fazer de carro? Nada, "quando a alma não é pequena". É como ir do Porto a Lisboa. 3 horas. Certo? Às vezes temos mais olhos que barriga...

A experiência passada (trajeto para Bled e Split; as passagens pelas fronteiras - seriam duas para Hallstatt [Eslovénia e Áustria]; chuva e ventos fortes e os eufemismos do googlemaps) dizia-nos que as 4 horas planeadas no trajeto rapidamente se transformariam em 6 horas (tendo em conta que a previsão meteorológica avançava com chuva para o local nesse dia).Logo, seria muito difícil aproveitar Hallstatt. Por isso, de coração pesado, esta aventura foi abandonada e rapidamente se traçou um percurso alernativo, alinhavado ainda em Portugal.

O plano B consistia em visitarmos algumas cidades, vilas satélites à volta da metrópole.

Varaždin, foi a primeira escolha. A pequena cidade barroca que outrora fora a capital croata, conhecida por ser a cidade dos anjos ou, entre os locais, como a pequena Viena, fica a norte de Zagrebe, no norte da Croácia, muito perto da fronteira eslovena a pouco mais de 80 km da capital.

IMAG3617.jpg

Este lugar foi uma agradável surpresa. Percebe-se a razão pela qual foi  reconhecida por revistas ou distinguida com prémios na área de turismo. A serenidade impera e aqui é impossível andar apressado. Estacionámos perto de um jardim e de uma igreja e depois embrenhamo-nos pelo centro barroco, sem qualquer bússola. Desembocámos na praça onde está a câmara municipal e o palácio Drašković e deixamo-nos levar pelo sol e pelo passo lento dos habitantes e turistas.

IMAG3525.jpg

Estávamos à procura do castelo, pensando que estaria num ponto mais alto da cidade ou até mesmo fora dela, uma vez que neste plano B não tinha havido tempo para uma pesquisa do que ver e visitar, e surpreendentemente caímos no Paraíso. Anjos esperavam-nos e dando-nos as boas vindas convidavam-nos a permanecer quiçá para sempre lá, como se o tempo fosse esquecido.

IMAG3543.jpg

Por sorte um dos anjos que conhecemos e que nos deu as boas vindas à cidade era o dono de uma loja dedicada aos anjos (foto abaixo).

IMAG3536.jpg

Soubemos que era o artista local Zeljko Prstec, criador de muitas das obras na loja. A sua amabilidade levou-nos a perdermo-nos um pouco pela sua loja e pelo seu jardim, que tão docemente nos convidou a visitar. E até mesmo quando lhe perguntei onde ficava o castelo não se riu quando saiu da loja e deu dez passos e mo mostrou, lá mais ao fundo! Foi o artista também que nos falou de Andjelinjak, uma viela que não sabíamos sequer que existia e que, mesmo depois das indicações, não foi fácil encontrar. É que a designação "viela" é talvez um eufemismo. Visite a loja, experimente a amabilidade do artista e penetre no jardim por detrás da loja

IMAG3551.jpgIMAG3552.jpg 

IMAG3554.jpg

IMAG3557.jpg

e tire imensas fotos com as criaturas celestiais, com a cadeira em frente à sua loja e também com ele - afinal é uma celebridade e uma fantástico anfitrião da bela cidade adormecida. Pode ser que lhe ofereça também uma lembranças.

Zeljko-Prstec-9-.jpg

O castelo fica logo ali, depois da praça Trg Miljenka Stancica.

IMAG3560.jpg

IMAG3564.jpg

 

IMAG3578.jpg

IMAG3586.jpg

Não visitámos o castelo por dentro, mas é possível passear pelos seus jardins e entrar na fortificação sem qualquer custo.

Eram talvez 11 horas quando nos embrenhámos novamente pelas ruas, praticamente desertas. Caminhar com o coração pesado de  boas memórias recentemente formadas por ruas onde o silêncio é só quebrado pelo som dos nossos passos é bom e recomenda-se. 

IMAG3604.jpg

Nestas ruas poderá encontrar bancas com produtos artesanais, entre eles um licor de mel delicioso (para quem aprecie) e que nada tem a ver com o que se pode encontrar nas lojas do aeroporto. Também encontrará um trono, digno de rei ou rainha no meio da rua, mais um palácio e ainda uma estátua de Grgur. Se estiver bem atento, poderá encontrar a viela. Depois da estátua de Grgur, caminhe olhando sempre para a sua esquerda e talvez a encontre.

IMAG3615.jpg

A instalação tem a assinatura de Zeljko Prstec e os anjos que por ali dormem vão mudando de cores.

Para além do que vimos, poderá ainda encontrar por aqui o Teatro Nacional Croato e muitas igrejas, basta-lhe para isso percorrer de lés a lés a vasta zona pedonal de Varaždin.

Partimos de coração cheio. Partimos otimistas. Partimos porque havia ainda mais para descobrir. Partimos. O dia ainda ia a meio...

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.