Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Letters and words

Letters and words

Old school - 12

 

 

tumblr_m37rxh1yWs1qifb08o1_1280.jpg

 

Caro Leitor,

depois de muitas dúvidas e hesitações a propósito do filme que marcaria o fim deste ciclo de oldies, deixei que a decisão viesse de um sinal. E o sinal veio na semana passada quando, no meio de um normal zapping de fim de noite, tropeço no filme Awakenings (Despertares) com o talentoso e já falecido Robin Williams.  O filme de 1990 não é de todo o mais emblemático do ator e talvez não seja o meu preferido dele, mas colocar aqui o Good Morning Vietnam ou Good Will Hunting seria obviamente uma escolha despropositada.

O filme conta a história verdadeira de um médico na sua demanda para ajudar os seus pacientes catatónicos. Os doentes do Dr. Malcolm Sayer, interpretado por Robin Williams, despertam do estado catatónico em que se encontram com a ajuda de uma nova droga. Leonard, interpretado pelo brilhante Robert De Niro, é a primeira cobaia e os resultados são, numa primeira fase, inacreditáveis. Os doentes começam a despertar para a vida e voltam a ser quem eram, quem deveriam ser se a oportunidade não lhes tivesse sido roubada. 

Ainda que o despertar seja temporário nestes pacientes, esta experiência resulta num despertar de todos aqueles que lidavam com eles: os enfermeiros e auxiliares tomam consciência de que o tratamento que davam aos pacientes não os respeitava na sua totalidade e até o próprio médico desperta para a importância de sair da sua tímida concha para viver verdadeiramente, enfrentando os seus receios.

Todas as personagens despertam, de uma maneira ou de outra para a vida. E quem vê o filme tem também a oportunidade de o fazer, se assim o desejar. E quase como se o filme fosse uma chamada de atenção, como se colocasse a todos nós a seguinte pergunta: se a oportunidade de viver plenamente a vida não te foi roubada, então por que razão ainda não a agarraste? Tema permanentemente atual (e pessoal). Aqui fica um um excerto do filme, para aguçar a curiosidade: the joy of life.

tumblr_nb76ulbLsq1rtt08so1_500.gif

P.S. Agarre as oportunidades que a vida lhe lança. Se a vida não as lança na sua direção, não se esqueça que as oportunidades também se criam. Comande o seu próprio destino.