Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Letters and words

Letters and words

Perdidos em Porto Santo

Caro Leitor,

Vem aí, no verão de 2017, um remake de um filme que gostei bastante. Produzido pelo cineasta Leonel Vieira, filmado em Porto Santo, Arquipélago da Madeira, o filme Perdidos, (descanse, leitor, pois não se trata de uma visão cinematográfica da confusa série Perdidos) é um remake português do filme Open Water 2: Adrift.

O filme alemão, inicialmente Adrift, muda o nome para Open Water 2: Adrift para aproveitar o sucesso de um filme anterior norte-americano, de seu nome Open Water, cujo enredo, baseado em acontecimentos reais, é em alguns pontos semelhante.  

5.jpg

 

A trama do primeiro roda à volta de um casal que numa atividade de mergulho é deixado para trás pelo barco que o transportava. No meio da confusão, a equipa do barco afasta-se do local de mergulho quando pensa ter todos os seus mergulhadores a bordo,  deixando o casal em questão, que emerge minutos depois, à deriva no mar alto. O filme mostra a capacidade de sobrevivência do casal, esquecido em alto mar. Quanto a Tom e Eileen Lonergan, o casal real cuja história terá inspirado este filme,  presume-se que se terão afogado pois os seus corpos nunca foram encontrados, apenas uma mensagem de socorro. Para este final trágico terá contribuído o facto de só dois dias depois é que deram pela falta do casal.

O segundo filme, e cujos direitos da historia terá o cineasta português comprado, gira à volta de um grupo de amigos que no meio de um passeio de veleiro decide ir nadar em alto mar. Ninguém se lembra de baixar a escada para que possam depois regressar ao barco.

4.jpg

 

Já não me lembro de qual dos filmes gostei mais, e é  verdade é que tenho apenas uma vaga lembrança do primeiro, mas lembro-me que gostei deste segundo. Ambos têm um elenco norte-americano, contando o segundo com atores mais conhecidos do grande público. Fica aqui a espectativa de um entusiasmante thriller com atores portugueses em águas portuguesas. Teremos que esperar até ao verão, caro leitor, para confirmar se o filme português entusiasma ou não, se o argumento original foi muito alterado e se a aposta de Leonel Vieira se concretizou num êxito de bilheteira.

Enquanto o verão não chega, aqui fica o trailer de Open Water 2: Adrift.