Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Letters and words

Letters and words

The times they are a-changin'

Caro leitor,

o prémio Nobel da literatura atribuído a Bob Dylan deixou-me, como aliás a muitos, a olhar embasbacada para algo. A maioria terá sido para a televisão, a mim foi mesmo para o meu para-brisas, afinal ia a conduzir quando ouvi a notícia no rádio. Na altura nem era tanto a comunicação da notícia mas sim a crítica ao prémio e a reação de uma escritora portuguesa conceituada à ideia estapafúrdia - ela não disse isso, mas adivinhava-se pelo discurso - de que o Bob Dylan estivesse sequer na lista dos possíveis recipientes do prémio. Não percebo e percebo a atribuição. Não me vou alongar nas razões pelas quais percebo e não (escrevesses uma carta na altura!), mas devo dizer que se fez luz quando revisitei inesperadamente - estava a fazer zapping e apanhei-o - o filme Dangerous Minds (Mentes Perigosas). Aquele em que a Michele Pfeiffer faz de professora numa escola problemática e com alunos com "muitos e sérios problemas". Aquele em que, visto à luz da nossa realidade, os alunos até nem são assim tão problemáticos. Aquele em que miraculosamente a professora consegue dar a volta a todos os alunos - só com uma frase e uns quantos chocolates.

Pois não é que a professora decide - com intuito de aproximar os alunos da poesia e de algo que se pareça com o programa curricular- introduzir as letras de Bob Dylan e analizá-las como poesia. E não é que resulta?

Pois estaria este filme muito à frente? Ou terá o comité que atribui os prémios visto o filme recentemente?

Vou refletir nisso um bocado e deixo aqui uma amostra da poesia de Dylan para que também possa refletir.

quote-come-gather-round-people-wherever-you-roam-a

Mr. Tambourine Man

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.